Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/1138
Título: A ORGANIZAÇÃO DOS PROCESSOS DE ENSINO E APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INFANTIL: CONTRIBUIÇÕES DA TEORIA HISTÓRICO CULTURAL
Autor(es): Braga, Nídia Paula da Silva
Palavras-chave: Aprendizagem
Desenvolvimento Infantil
Teoria Histórico-Cultural
Educação Infanti
Data do documento: 12-Nov-2019
Resumo: Esta investigação científica vincula-se à linha de pesquisa Desenvolvimento Profissional, Trabalho Docente e Processo de Ensino-aprendizagem, dos Programas de Mestrado e Doutorado em Educação da Universidade de Uberaba-Uniube e objetiva compreender e refletir sobre a organização do ensino-aprendizagem no contexto da Educação Infantil, considerando a importância desse segmento como primeira etapa da Educação Básica. Ela tem, como objeto de estudo, a organização do processo de ensino e aprendizagem na Educação Infantil. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, fundamentada na perspectiva da Teoria Histórico-Cultural (THC), na qual foram utilizadas as pesquisas: bibliográfica, documental e de campo. A pesquisa bibliográfica tomou como referência autores como: Vygotsky (1977, 1984, 1995, 2000, 2006, 2007, 2009, 2010.), Elkonin (2009), Leontiev (, 1978a, 1978b, 1988, 2010), Davydov (1988, 1999) e pesquisadores que se aproximam do objeto de estudo desta pesquisa como Pasqualini (2006, 2010, 2013), Arce (2004a- 2004b- 2006, 2007), Lazaretti (2008, 2013), Mello (2012, 2014), Martins (2005, 2007,2016), Franco e Chaves (2016), Facci (2004 2016); a pesquisa documental referenciou o marco oficial norteador da Educação Infantil e a pesquisa de campo se desenvolveu por meio de entrevistas de professores que atuam nesse nível de ensino. Foram utilizados, como instrumentos de coleta dos dados, uma ficha de registro das informações dos documentos e da bibliografia selecionada e entrevista semiestruturada. Foram entrevistados professores que atuam em escolas municipais de Educação Infantil, localizadas na zona rural do município de São José do Mipibu-RN. Considerando a necessidade de apreender os sentidos atribuídos pelos sujeitos participantes da pesquisa em relação ao objeto de estudo, os dados obtidos nas entrevistas foram analisados em consonância com a proposta metodológica dos núcleos de significação, cunhada por Aguiar e Ozella (2006), em conformidade com o método analítico objetivo de Vygotsky (1984). Na conclusão da pesquisa apresentam-se contribuições para o aprimoramento da organização do ensino-aprendizagem na Educação Infantil, proporcionando aos professores refletirem sobre as relações entre a organização do ensino-aprendizagem e o desenvolvimento das funções psíquicas superiores das crianças e a promoção da formação integral dessas por meio da compreensão teórico-prática, didática e metodológica do planejamento, dos objetivos de ensino- aprendizagem, da organização curricular, dos conteúdos dos processos psicológicos que estão incluídos na dinâmica complexa que envolve os processos de ensino e de aprendizagem e desenvolvimento, o pleno reconhecimento do uso didático da avaliação, dos métodos que respeita as especificidades da criança da Educação Infantil.
URI: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/1138
Aparece nas coleções:TURMA 14

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Nídia Paula da Silva Braga.pdf2,31 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.