Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/1195
Título: PRÁXIS DOCENTE NAS AULAS DE MATEMÁTICA: Reflexões de uma Supervisora-Itinerante
Autor(es): Santos, Francely Aparecida dos
Palavras-chave: Práxis docente,
Formação de professores
Aulas de Matemática
Supervisão-Itinerante
Reflexões.
Data do documento: 14-nov-2003
Resumo: A pesquisa realizada teve como objetivo discutir a práxis docente nas aulas de Matemática de vinte e nove professores das Séries Iniciais do Ensino Fundamental da rede pública do município de Buritizeiro/MG no período de janeiro de 2000 a janeiro de 2002. Os professoresalunos, sujeitos desta pesquisa, fizeram parte do Projeto de Extensão da Universidade Estadual de Montes Claros – UNIMONTES -, quando a mesma montou um núcleo universitário no município de Pirapora/MG, oferecendo o Curso Normal Superior em modalidade presencial e a distância, sendo os professores selecionados através de processo seletivo de vestibular realizado em dezembro de 1999. As problematizações que deram origem à pesquisa surgiram do trabalho por mim realizado como Supervisora-Itinerante do Curso Normal Superior no município de Buritizeiro/MG e nasceram a partir da preocupação com as ações docentes relacionadas à apropriação do conhecimento matemático dentro da sala de aula. Assim, as questões que nortearam a pesquisa foram: Como o docente trabalha com a Matemática dentro da sala de aula? Qual é a práxis adotada por ele? Em qual tendência essa práxis se encaixa? A metodologia utilizada esteve baseada no materialismo histórico através da pesquisa qualitativa e as técnicas utilizadas foram a observação estruturada e o caderno de registro de campo. Esse trabalho teve duração de vinte e quatro meses e como principal sustentação teórica os seguintes autores: Bobbio, Pimenta, Freitas, Saviani, Triviños, Freinet, Gamboa, Machado, Polettinni, Perez, Micotti e Fiorentini. O principal passo metodológico da pesquisa pautou-se na intervenção que foi realizada com o trabalho como Supervisora-Itinerante; essa intervenção ocorria através de visitas às salas de aula dos professores-alunos e dos plantões pedagógicos, estendendo-se às outras atividades com objetivo de estar sempre discutindo a práxis docente nas aulas de matemática. Os resultados da pesquisa são os seguintes: a matemática ainda é vista como uma disciplina pronta, acabada, que não faz parte da história da humanidade; a Matemática da sala de aula está baseada somente nas quatro operações básicas: adição, subtração, multiplicação e divisão; o material didático utilizado para as aulas de Matemática são em sua maioria o quadronegro, giz e folhas mimeografadas; o professor utiliza, na maioria das vezes as aulas expositivas para trabalhar com crianças das Séries Iniciais do Ensino Fundamental e por isso, esses mesmos professores vivem em conflito devido às grandes dificuldades relativas ao processo de ensino na área de Matemática; as relações pedagógico-sociais são elementos importantes na práxis docente e por fim, constatou-se que esses conflitos fazem com que os professores lutem diariamente para uma educação mais política.
URI: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/1195
Aparece nas coleções:TURMA 1

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FRANCELY APARECIDA DOS SANTOS.pdf692,06 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.