Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/1852
Título: QUALIDADE DAS LINHAS DE TÉRMINO DE PREPAROS PROTÉTICOS COM ACABAMENTOS POR DIFERENTES PROPULSORES E INSTRUMENTOS DE CORTE: REVISÃO DE LITERATURA
Autor(es): PIRES FERRO, ANA CRISTINA, ANA PAULA CARDOSO DE MELO
Palavras-chave: Prótese Fixa
Preparo Prostodôntico do Dente
Coroa do Dente
Preparo do Dente
Adaptação marginal dentária
Data do documento: 4-Dez-2021
Resumo: A busca por reabilitação por meio da prótese fixa possui uma ampla demanda e procura, visando devolver a estética e funcionabilidade oral para o paciente. Diante disso, apesar da prótese fixa representar uma boa forma de tratamento reabilitador, diversos fatores e variantes devem ser analisados juntamente com uma boa técnica de execução para que se alcance, como resultado final, a longevidade e qualidade no tratamento. Dentro desse princípio, fatores como o tipo de linha de término selecionada, o mecanismo do motor empregado e a instrumentação de corte utilizada influenciam na condição final do procedimento, assim como na sua resistência e durabilidade. Mediante o exposto, foram realizadas pesquisas de artigos no PubMed e SciELO por meio das palavras chaves: “Finish line”, “Crow finish line”, “Cervical finish line”, “Finishing instruments”, “Ultrasonic instruments”, “Marginal design”, “Rotatory instruments”, “Electric motor”, “Bopt technique”, “Bopt prepation”. Com isso, este trabalho analisou, através de uma revisão de literatura, a linha de término que apresentou bons resultados para a prótese fixa, como também a interferência no tipo de propulsor e das pontas e brocas na qualidade do preparo, buscando o procedimento mais favorável em termos de longevidade, estabilidade, durabilidade, resistência, saúde periodontal, qualidade, precisão, execução e bom acabamento da prótese fixa. A literatura consultada permitiu concluir que as linhas de término em ombro e chanfro apresentaram melhores resultados na adaptação, tensão e resistência à fratura, a Técnica de Preparo Biologicamente Orientada (BOPT) apresentou resultados promissores para casos de retratamento, o motor elétrico foi o que demonstrou maior precisão e estabilidade ao corte, e as pontas diamantadas com a realização do acabamento por granulação mais fina foram capazes de proporcionar superfícies mais lisa e contínuas, melhorando a adaptação e precisão das próteses fixas.
URI: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/1852
Aparece nas coleções:ODONTOLOGIA 2021/2

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
QUALIDADE DAS LINHAS DE TÉRMINO DE PREPAROS PROTÉTICOS COM ACABAMENTOS POR DIFERENTES PROPULSORES.pdf344,43 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.