Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/747
Título: A BUSCA DA UNIDADE TEORIA E PRÁTICA: a formação de professores no contexto do estágio curricular supervisionado
Autor(es): Barillari, Cleide Aparecida Martins
Palavras-chave: formação de professores
relação teoria-prática
estágio supervisionado
Data do documento: 9-Abr-2008
Resumo: A busca da unidade na relação teoria e prática tem sido motivo de intensos debates na academia. Isso nos motivou pesquisar informações sobre o espaço pedagógico ocupado pelo estágio supervisionado, obrigatório para todos os cursos de formação de professores, por possibilitar o confronto entre as teorias acadêmicas e as práticas de ensino observadas no âmbito de uma instituição educacional. A literatura nos possibilitou conhecer importantes concepções de formação de professores, embora tenha tornado mais evidente que a relação entre teoria e prática não se apresenta como complementar, demonstrando uma cisão que pode comprometer a formação docente. Portanto, é válido questionar até que ponto a distância existente entre a teoria acadêmica e o estágio curricular, como prática de ensino, interfere no processo de formação docente, trazendo situações de conflito para os sujeitos envolvidos. Partindo do ponto de vista profissional, nos perguntamos se os sujeitos envolvidos se “satisfazem” com o que o estágio lhes oferece. Para responder a tais questionamentos, esse trabalho analisou a cisão na relação entre teoria e prática, tanto do ponto de vista filosófico quanto pedagógico, expressa por sujeitos egressos do curso de Pedagogia/2006 do Centro de Ensino Superior de Uberaba (CESUBE), contrastando-a com as teorias sobre formação de professores, com as concepções dos tipos de profissionais da educação presentes na literatura atual. O corpus do presente trabalho compõe-se de relatos colhidos em uma palestra, acompanhada da aplicação de um questionário, tendo como sujeitos os referidos alunos do curso de Pedagogia, objetivando confrontar a visão desses profissionais ingressantes no mercado de trabalho com a bibliografia apresentada. Do grupo de 25 pessoas participantes, a maioria não acredita no estágio como ferramenta importante na sua formação. Acredita mais na experiência que o cotidiano pode trazer para consolidar essa formação. Também, não visualizaram, na prática, a unidade entre a teoria e prática no contexto institucional e educacional, cabendo-nos o trabalho de aglutinar as informações num corpo coeso e racional.
URI: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/747
Aparece nas coleções:2008

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CLEIDE APARECIDA MARTINS BARILLARI.pdf478,14 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.