Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/940
Título: A EDUCAÇÃO INFANTIL E SEUS PROFESSORES: DESVELANDO O FIO DE SUAS FORMAÇÕES
Autor(es): Emanuel, Adriana Vaz Efísio
Palavras-chave: Educação infantil
professores
Formação continuada
Data do documento: 16-Dez-2014
Resumo: Apresentam-se nesta dissertação, os resultados da pesquisa intitulada ―A educação infantil e seus professores: desvelando o fio de suas formações‖, na linha de pesquisa Processos Educativos e seus Fundamentos do Programa de Mestrado da Universidade de Uberaba. Com o objetivo de investigar as razões que movem os professores a participarem de cursos de formação continuada, foi realizada uma pesquisa empírica com as professoras de educação infantil, matriculadas em um curso de aperfeiçoamento oferecido pela Rede Nacional de Professores de Educação Básica, por meio da Universidade Federal do Triângulo Mineiro. Para tanto, percorreu-se uma linha histórica da educação infantil no Brasil, situando a relevância dessa etapa da educação para o desenvolvimento da criança, tendo em vista suas necessidades de aprendizagem nas diversas áreas do conhecimento, as contribuições para o desenvolvimento cognitivo e afetivo, além de constituir-se como espaço privilegiado para as interações sociais e experiências culturais. Para balizar os estudos sobre a infância, Educação Infantil e formação de professores, bem como, para sustentar o referencial metodológico, ancoramos a pesquisa nos autores: Gatti e Barreto (2009), Zilda Gomes de Oliveira (2012), Sonia Kramer (2011), Luciana Ostetto (2013), Gisela Wajskop (2010), Maria Cecília S. Minayo (2002), Maria Aparecida V. Bicudo (2011), Gadamer (2009).A formação do professor de educação infantil é discutida no intuito de compreender o seu papel na educação das crianças de zero cinco anos de idade, uma vez que a educação infantil apresenta especificidades, e que, como constatado na pesquisa, a aprendizagem para a educação da infância não é privilegiada nos cursos de formação inicial, traduzindo-se em lacunas de conhecimento que se refletem nas práticas pedagógicas dos docentes. A trajetória metodológica permitiu coletar e analisar dados que desvelaram a motivação desses profissionais em busca da formação continuada. Os dados colhidos por essa pesquisa, registrados em questionário e transcritos a partir de recipiente eletrônico. A pesquisa elucidou as aspirações das docentes em relação à formação continuada, como oportunidade para contribuir efetivamente na prática pedagógica.
URI: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/940
Aparece nas coleções:2014

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ADRIANA VAZ EFISIO EMANUEL.pdf1,85 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.