Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/869
Título: EXTRAÇÃO DE SOLÚVEIS DA FOLHA DE NIM (Azadirachta indica) PARA AGROINDÚSTRIA
Autor(es): EVANGELISTA FRANCO BORGES, CLEIDENELY
Palavras-chave: equilíbrio
extração sólido-líquido
lixiviação
Azadirachta indica
Data do documento: 10-mai- 34
Resumo: A Engenharia Química surgiu em um ambiente inovador e desde sua origem contribui com o desenvolvimento de pesquisas e processos industriais, como os da agroindústria. No Brasil, a produção de insumos e defensivos agrícolas é significativa, contrariando a tendência da população que busca por um estilo de vida saudável, através do consumo de alimentos sem defensivos. Isso sugere o uso de inseticidas naturais na agropecuária. Dentro desse contexto, o nim (Azadirachta indica), é um vegetal que apresenta potencial inseticida, com baixa toxicidade e tempo residual, sendo relevante para um projeto inovador da agricultura orgânica. Nesse aspecto, a produção de extratos aprimorada contribui com a padronização de procedimentos, que é indispensável para inovação e o aperfeiçoamento da produção, visando reduzir os custos, associar tecnologias, desenvolver técnicas de forma sistemática visando o melhor uso dos equipamentos. Diante disso, o presente trabalho teve como objetivo o estudo da extração sólido-líquido de solúveis, o tamanho de partícula, o tipo de solvente, a agitação e o equilíbrio prático nas etapas de extração com as folhas frescas do vegetal nim, visando contribuir com a padronização do procedimento. As extrações sólido-líquido foram realizadas utilizando: cutter, shake, álcool etílico P.A. 99,8°GL; solução hidroalcoólica a 50°GL e 20°GL; com folhas de nim frescas. O equilíbrio da extração foi determinado pelo “Diagrama de Equilíbrio Prático”. A análise granulométrica foi realizada pela série Tyler e pelos modelos de Gate-Gaudin-Schuhmann (GGS), de Rosin-Rammler-Bennett (RRB) e pelo diâmetro médio de Feret. Os resultados mostram que para obter o esgotamento (≤1%) dos solúveis totais foram necessárias 12 extrações pelo processo realizado no cutter industrial. A quantidade média de solúveis obtidas no cutter foi de 4,405±0,054 g de extratos secos (CV 10,913%). Para o experimento realizado com o shake (104,5 rpm), o esgotamento não é atingido após 12 extrações, tornando onerosa essa operação, além disso, o extrato seco obtido após a primeira extração foi inferior a 1ª extração do cutter (3450 rpm). Os resultados obtidos para o cálculo do diagrama de equilíbrio prático mostraram que a quantidade de solvente (A) que passa para a solução lixiviada aumenta progressivamente conforme diminui a massa de um ensaio para outro. Em relação a distribuição de tamanhos de partículas, para todos os ensaios realizados no cutter, o diâmetro médio de Sauter obtido foi de 0,0192 cm para o Ensaio 1; 0,0227 cm para Ensaio o 2. Para o modelo RRB foi: 0,0196 cm para o Ensaio 1; 0,0300 cm para Ensaio o 2. Em relação ao experimento realizado com o shake, para as partículas analisadas antes da extração, o diâmetro médio de Sauter foi de 0,0582±0,0001 cm (CV 0,0874%) e, após as extrações o Ds médio foi de 0,0550±0,0054 cm (CV 3,3067%). Para o modelo RRB, o diâmetro médio antes das extrações foi de 0,0399±0,0004 cm (CV 0,3475%) e, após as extrações o RRB médio foi de 0,0386±0,0386 cm (CV 1,5453%) Dessa forma, a extração realizada no cutter foi mais eficiente que o shake, onde os fatores que influenciaram foram à agitação empregada e o diâmetro de partícula. Com isso, conclui-se que a presença da água no álcool interfere no número de extrações para obter o esgotamento. O cálculo de equilíbrio, demonstra que a concentração de soluto na solução lixiviada aumenta, reduzindo a taxa de extração devido à redução do gradiente de concentração e do aumento da viscosidade da solução. Em ambos os modelos estudados, o diâmetro médio de Sauter é o RRB são os que melhor representaram a distribuição das partículas.
URI: http://dspace.uniube.br:8080/jspui/handle/123456789/869
Aparece nas coleções:2017

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Cleidenely Evangelista Franco Borges - PMD.pdf1,11 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.